quinta-feira, julho 24, 2014

Plenária do PT aclama Armando e João Paulo em Olinda

Uma militância animada promoveu na noite desta quarta-feira (23), em Olinda, um dos mais expressivos eventos da campanha de Armando Monteiro (PTB) ao governo do Estado. No primeiro ato da coligação Pernambuco Vai Mais Longe na Cidade Patrimônio da Humanidade, a plenária do Partido dos Trabalhadores foi marcada por discursos com estímulos aos militantes e pela defesa das realizações dos governos Lula e Dilma Rousseff, principalmente em Pernambuco.
 
Cerca de duas mil pessoas compareceram ao evento realizado na quadra de uma escola, no bairro de Casa Caiada. Deputados, vereadores, candidatos e presidentes de partidos que dão sustentação às candidaturas de Armando, Paulo Rubem (vice) e João Paulo (senador) marcaram presença - além de lideranças de legendas que integram a coligação adversária.
 
O candidato a vice de Armando foi um dos que pediu o engajamento total da militância. "Vamos aumentar a nossa capacidade de mobilização. Não vamos nos encantar com resultado de pesquisas. Façamos de conta que é uma disputa no escuro", disparou Paulo Rubem Santiago.
 
Nascido em Olinda, o ex-prefeito do Recife João Paulo lembrou que a cidade é o terceiro maior colégio eleitoral do Estado. "Somente este fato faz com que tenhamos mais atenção a Olinda." O petista lembrou a necessidade de reeleger Dilma. "O nosso desafio é o de manter as conquistas que Lula começou e Dilma deu continuidade. Se Pernambuco cresceu, foi por causa da articulação, apoio e parceria com o governo federal", enfatizou.
 
Armando Monteiro também salientou a importância de Olinda para Pernambuco. "Olinda sempre foi o norte. Foi palco de movimentos que imprimiram o DNA de Pernambuco", reconheceu. O petebista ainda chamou a militância para defender o projeto que Lula e Dilma apoiam. "Pernambuco precisa crescer mais e melhor. E para isso precisamos investir em educação, que é a prioridade das prioridades", destacou.
 
ARIANO - Antes do início dos discursos, foi feito um minuto de silêncio em homenagem ao escritor paraibano Ariano Suassuna, falecido na tarde desta quarta-feira (23).
 Crédito da foto: Alexandre Albuquerque/Divulgação.